– Projetos

Designação do projeto| Agriconect 4.0

Categoria do projeto| Prestação de Serviços

Objetivo principal| Adaptação de empresas do setor agroindustrial às mudanças inerentes à transformação digital como forma de assegurar a sua competitividade.

Região de intervenção| Alto Tâmega

Data de início| 01/04/2021

Custo imputado| 10.406,00 € + IVA

Nº de empresas envolvidas| 22

Descrição do Projeto

Perante os desafios que se colocam atualmente às organizações do setor agroindustrial, principalmente aqueles que se assumem como micro ou pequenas e médias empresas, é essencial que estas assumam a necessidade de adotarem transversalmente os desígnios associados não só à transição digital, mas também às abordagens operacionais, tecnológicas e estratégicas inerentes ao conceito de “Indústria 4.0”.

Posto isto, o presente projeto visa em primeiro lugar aferir o nível de maturidade digital das empresas do setor agroindustrial da região do Alto Tâmega, e o nível de utilização eficiente e eficaz dos vários recursos energéticos disponíveis. Posteriormente, o projeto prevê a idealização de planos de transição digital, adaptados à realidade contextual de cada uma das empresas, o acompanhamento da operacionalização desses mesmos planos, e a aferição dos resultados de curto prazo detectados.

Principais Tarefas Realizadas

  • Diagnóstico sobre o nível de maturidade digital das organizações
  • Diagnóstico sobre a potencial utilização eficiente de fontes energéticas nos processos produtivos
  • Consultoria de apoio à transição digital
  • Criação e acompanhamento da operacionalização de planos de transição digital

Descrição do Projeto

A atividade termal, ainda que recheada de mérito e aspetos e efeitos positivos para a saúde e bem-estar dos aquistas, carece de validação científica que certifique o seu impacto para a saúde.

Assim, surge o projeto do Observatório da Atividade Termal que visa o desenvolvimento de uma solução, de base tecnológica, que permita uma monitorização individualizada dos efeitos dos tratamentos termais nos aquistas e, consequentemente, uma extrapolação automatizada e inteligente dos resultados individuais para uma visão mais global sobre todo o fenómeno.

Este projeto, que teve o apoio da Fundação BPI La Caixa, finalizou a sua fase inicial de desenvolvimento de uma solução piloto do Observatório da Atividade Termal, estando agora em curso a segunda fase de trabalhos com vista à versão final do referido artefacto.

Para contactar com a versão preliminar do Observatório da Atividade Termal, aceda ao seguinte link: 


Designação do projeto| Centro de Valorização e Transferência de Tecnologia da Água (AquaValor)

Código do projeto| NORTE-01-0246-FEDER-000053

Objetivo principal| Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção| NORTE

Entidade beneficiária| AQUAVALOR – Centro de Valorização e Transferência de Tecnologia da Água

Data de aprovação| 18-04-2019

Data de início| 01-06-2019

Data de conclusão| 31-05-2021

Investimento total| 2.342.037,91€

Custo total elegível| 2.244.516,51€

Apoio financeiro da União Europeia| FEDER – 1.907.839,03€

Descrição do Projeto

O presente projeto tem por objetivo a instalação de um novo Centro de Valorização e Transferência de Tecnologia (CVTT) na área temática da Água, sediado em Chaves, que dará resposta a necessidades existentes que não estão a ser supridas pelas empresas a atuar no mercado e criará novos canais de transferência e difusão de conhecimento para o tecido económico. Pretende-se dinamizar as águas minerais (termais e engarrafadas) como produtos âncora para o desenvolvimento regional e de promoção da atividade turística ao longo de todo o ano, nomeadamente em territórios de baixa densidade.

O plano de atividades foi definido de forma a capacitar o novo CVTT, instalando as competências, infraestruturas e equipamentos necessários à sua operacionalização e sustentabilidade. Serão ainda produzidos demonstradores da atividade do Centro, com o objetivo de preparar atempada e adequadamente o envolvimento de entidades empresariais na sua atividade.


Cofinanciado por:

Back to top