termalismo patologias respiratórias

As patologias do foro respiratório são, de há muito tempo a esta parte, um dos eixos principais do termalismo em Portugal, sendo por isso muito relevante atingir-se uma validação formal e científica dos seus efeitos.

Com base nesta premissa, o AquaValor conjuntamente com as Termas de Chaves levaram a cabo um novo estudo piloto onde tentaram aplicar a solução de monitorização dos efeitos terapêuticos do termalismo inerente ao projeto “Observatório da Atividade Termal” (apoiado pela Fundação La Caixa), contando para isso com a participação de 16 voluntários que, durante 14 dias, forma monitorizados individualmente enquanto realizavam tratamentos termais para as suas patologias respiratórias.

Este estudo piloto, foi mais um momento de teste e aperfeiçoamento do Observatório da Atividade Termal que se espera possa estar finalizado em meados do primeiro semestre de 2022, e que nesse momento se assumirá como a referência a nível nacional em termos de dados, quantificados e validados cientificamente, sobre os verdadeiros efeitos terapêuticos do termalismo.

 

 

Fundação BPI La Caixa